AUTOR DO FLAGRANTE

A resposta do fotojornalista que expôs conversa de Rosangela com Moro à provocação da deputada

Lula Marques, que registrou conversa no WhatApp no plenário do Senado, não se intimidou com a reação da deputada federal

Lula Marques responde Rosangela Moro após provocação.Créditos: Reprodução/Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Escrito en POLÍTICA el

O fotojornalista Lula Marques, que trabalha registrando em imagens o dia a dia no Congresso Nacional com sua visão crítica dos fatos, respondeu nesta quarta-feira (5) a uma provocação feita pela deputada federal Rosangela Moro (União-SP)

Marques, no dia anterior, havia capturado com suas lentes, pela tela do celular de Sergio Moro (União-PR), uma conversa de WhatsApp, no plenário do Senado, entre o senador e sua esposa Rosangela. Na conversa, ela demonstrava preocupação com o fato do marido ter se tornado réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por calúnia ao ministro Gilmar Mendes. 

Após a divulgação da fotografia, que viralizou, Rosangela provocou o fotojornalista com uma "enquete" em suas redes sociais, associando o profissional das imagens ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

"Enquete: quem mais acha reprovável que fotógrafo ligado a LulE fique bisbilhotando conversa de marido e mulher?", havia publicado Rosangela. 

Lula Marques, então, respondeu de forma direta: 

"Deputada, tenho orgulho de ser ligado a quem salvou a democracia desse país. Estou na trincheira que defende a liberdade de imprensa e a democracia. Não faço parte da mídia que ajudou o seu marido a levar o país para o buraco, prendendo um inocente e apoiando um golpista". 

Confira: 

Entenda 

A deputada federal Rosangela Moro (União-PR) reagiu à exposição de uma conversa via WhatsApp que teve com o seu marido, o senador Sergio Moro (União-SP), pelo fotojornalista Lula Marques. 

Na noite desta terça-feira (4), o profissional de imagens do Congresso Nacional flagrou a tela do celular de Moro no momento em que ele conversava com sua esposa sobre o fato de ter se tornado réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por calúnia contra o ministro Gilmar Mendes. A fotografia foi divulgada nas redes sociais e viralizou. 

O diálogo se deu da seguinte maneira: 

Rosangela: "Qual crime? Calúnia?"

Moro: "Calúnia"

Rosangela: "Pena maior que 4 anos?"

Moro: "Em tese pode ser em decorrência das causas de aumento, mas altamente improvável."

Rosangela: "Ish. Aonde você está?"

Moro: "Plenário. Não se preocupa tanto."

Confira: 

Na madrugada desta quarta-feira (5), Rosangela foi às redes sociais e reagiu ao flagrante, fazendo uma enquete sobre o fotojornalista e o associando ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O profissional, Lula Marques, já fez outros registros parecidos de parlamentares e ganhou de um deles na Justiça quando foi processado. 

"Enquete: quem mais acha reprovável que fotógrafo ligado a LulE fique bisbilhotando conversa de marido e mulher?", questionou Rosangela. A publicação foi compartilhada pelo seu marido Sergio Moro. 

Moro réu no STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (4), por unanimidade, tornar o senador Sergio Moro (União-PR) réu por calúnia contra o ministro Gilmar Mendes, membro da suprema Corte.

O caso diz respeito a uma denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o senador, depois que um vídeo, onde o parlamentar está em um evento, dispara fala para as pessoas presentes em "comprar um habeas corpus" de Gilmar Mendes.

A então vice-procuradora-geral a República, Lindôra Araújo, afirma que Sergio Moro atribuiu falsamente a prática do crime de corrupção passiva a Gilmar Mendes e com a intenção de macular a imagem e a honra do ministro do STF.

Todos os membros da Segunda Turma do STF seguiram o voto da relatora, a ministra Carmen Lúcia, são eles: Flávio Dino, Cristiano Zanin, Luiz Fux e Alexandre de Moraes.